Holanda · vida de imigrante

Um ano de Holanda

Dia 10 de agosto faz um ano que saí do Brasil.

Já voltei uma vez, e confesso que já foi meio esquisito: ainda não estava definitivamente fora do país porque justamente tinha aquela viagem de volta já marcada para ali 90 dias. Mas também já não estava lá, porque minhas coisas e minha vida começavam a se acomodar na Holanda.

Minha casa não era mais a minha casa.

Depois saí, sem data para voltar, se bem que com alguma vontade. As coisas se encaixaram aqui de uma forma que eu não previ. Pode ser fase de lua de mel, sim, tem disso. Mas pode ser que não, e eu espero que esse sentimento confortável que tenho vivendo aqui fique.

Claro que a saudade existe, e acho que vai existir sempre. Pelas pessoas que amo e que estão longe, pela minha vida de lá que não existe mais, pelo pão de queijo nosso de cada dia que não tenho mais. Mas aqui já tenho rotina, já tenho amigos, trabalho, sonhos. Até marcas favoritas no mercado, programas tradicionais de cada dia. Uma vida nova que se formou.

Então, parabéns para mim, por um ano de vida holandesa. Por um ano de saudade, e por um ano de novas descobertas.

Advertisements